COVID-19 x Cirurgias

 “Fim de mais um dia de luta. Aqui se vive dia após dia! Retornos Cirúrgicos, pacientes oncológicos andam juntos com o Medo que se alastra pelo Mundo. Não podemos parar! Mas devemos triar…”

-Jorge Reina

 

São Paulo, 20 de março de 2020. 07 mortos em terras brasileiras, 621 casos confirmados. A doença esta entre nós, não podemos negar. Aproximadamente 230k casos confirmados, 10k mortos em todo o mundo. Todos devem estar se perguntando. Mas oque devo fazer? Como devo proceder? Já é tarde? Não adianta mais?

Dados em 18/03/2020

Trata se de uma nova doença, estamos aprendendo o seu comportamento dia a dia e devemos sim replicar algumas experiencias já vividas por algumas populações. Estamos aprendendo com as nossas vidas. Não podemos errar. Por outro lado observando um crescimento assustador. Números alarmantes a cada noticiário de nossas TV´s.

Observamos a Itália com uma população 23 vezes menor que a da China apresentando o mesmo numero de casos de falecimentos. Mas oque está acontecendo? A doença é pior na Itália? A população possui menor resistência?

Estudos estão sendo feitos, porém alguns dados já foram compilados e algumas lições podem ser tiradas de tudo isso. Sim o virus mutou e trata-se de uma cópia com alterações no seu genoma.

O Brasil sequenciou o genoma do coronavírus (COVID-19) de dois casos. A ocorrência de mutações em vírus já é esperada, não significando necessariamente que essas modificações irão gerar mudanças no comportamento do vírus. Colapso! Sim esse é o termo que define a doença na Itália. Na verdade o preço que se paga neste momento na Itália faz – se decorrente da forma como foi conduzido o inicio da doença no pais.

O individuo assintomático pode ser portador e transmissor da doença 5 a 7 dias antes de abrir um quadro febril, catarral ou de insuficiência respiratória. Nesse período ele transita em vias publicas, eventos, shoppings, academias fazendo milhões de vitimas que por consequente farão trilhões de vitimas involuntariamente. E quando menos se espera começam a aparecer no mesmo momento inúmeros casos graves, dependentes do sistema de saúde está então declarado estado de calamidade publica. Algo irreversível, desolador, para uma sociedade inteira.

O gráfico abaixo mostra como o isolamento da população em casa – fechamento de escolas e do comércio, bloqueio de entrada e saída de turistas, mantendo abertos apenas os serviços essenciais – salvou centenas de vidas na cidade italiana de Lodi. Foi em Lodi que apareceu o 1º caso de covid-19 no país. A cidade impôs quarentena aos cidadãos no dia 23 de fevereiro. Olhe a linha verde e compare com a linha rosa. A linha rosa é Bergamo, que esperou até 8 de março – duas semanas depois – para começar a quarentena. As duas cidades ficam cerca de uma hora de distância uma da outra. Lodi controlou os casos; Bergamo entrou em colapso.

Imagens que jamais serão esquecidas.

E como se vive com o chamado LOCKDOWN? Na verdade não se vive, se sobrevive. Esse é o caminho a seguir nos próximos dias na tentativa de evitarmos uma verdadeira catástrofe. Ficaremos trancados em casa. Não encontraremos com familiares, amigos, colegas, não viajaremos, a papelaria, o banco, o açougue estarão fechados. E tudo isso… Para que fiquemos VIVOS… Mas como eu faço para… Esqueçam tudo… para que o plano de certo nada ficara aberto e o contato entre pessoas será abolido por alguns dias para que em breve com o nascer da primavera tudo volte ao normal e se possível muitas festas e historias sejam trocadas entre os nossos.

Mas Jorge e as Cirurgias? Esse não era o titulo do seu artigo? Sim as cirurgias… Seria impossível conversarmos sobre o momento em que se encontram os procedimentos sem antes conversarmos e orientarmos sobre oque estamos passando.

Nunca achei que isso fosse possível de acontecer. Inúmeros acontecimentos já ocorreram em nosso grupo, em nossas vidas, mas nunca antes em nossa historia tivemos que PARAR! Sim a partir de amanha vamos parar!!! Não atenderemos consultas eletivas, não mais realizaremos cirurgias eletivas por um período indeterminado. Mas como medicos suplicamos a população para que fiquem em suas casas.

Nos continuaremos andando pela cidade. Respondemos pelo serviço de urgências e emergências cirúrgicas de uma grande rede de hospitais em nossa cidade. Temos mais de 100000 pacientes e familiares que nos tem como referencia em suas vidas. Meu pai Jorge Reina Neto ha 40 anos no mercado, Eu ha 15 anos no mercado e toda nossa equipe estamos cientes que seremos uteis nesse momento em que nossa população passara.

Por isso a partir de segunda feira trabalharemos com numero de funcionários reduzidos e divididos em turnos pois se tivermos que afastar alguém no meio do caminho os outros como guerreiros suprirão a sua falta e assim atenderemos a todas as urgências e emergências que nos procurarem. As consultas serão realizadas em horários específicos e haverá uma triagem telefônica inicial. Foi instalado também um modulo de telemedicina para que duvidas de pequeno porte sejam sanadas e seus dados armazenados.

E por fim os casos infecciosos e neoplásicos continuarão a ser atendidos por nós de maneira certeira e serena.

Por ultimo deixo aqui um pedido de união entre todos os seres Humanos, compaixão, e principalmente amor a si mesmo e ao próximo. Devemos lembrarmos que somos especiais e certamente passaremos por mais essa…

Nós estamos aqui por vocês. Por favor fiquem em casa por nós e pelos Nossos!

Um forte abraço no coração de todos… Nos vemos em breve

Jorge Henrique Reina
CRM-SP: 120.978
RQE:38.989
RQE:60.285
EMAIL: JR@REINAMD.COM

 

5 respostas
  1. Antonio Pereira
    Antonio Pereira says:

    Caros amigos e médicos do Instituto Jorge Reina.
    Dr. Jorge, parabéns por essa postagem, a qual com clareza nos informa sobre os devidos cuidados contra o COVID-19 e seus efeitos até então no mundo. Mas, também não pude deixar de notar sua preocupação e cuidado com o homem – o ser humano, ao dizer:” Estamos aprendendo com as nossas vidas. Não podemos errar.”
    Por isso a conscientização do povo brasileiro na questão do isolamento social deve ser fortalecida, para que nosso povo e nossa nação materializem o sentimento de compaixão e amor uns pelos outros. Forte abraço meus amigos!!!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *